Você teria coragem de viajar em uma nove de alta tecnologia?

https---blueprint-api-production.s3.amazonaws.com-uploads-card-image-95848-hyperloop

https---blueprint-api-production.s3.amazonaws.com-uploads-card-image-95848-hyperloop

A empresa Hyperloop Transporte Technologies,  revelou o nome de um material especialmente desenvolvido que irá utilizar para forrar o exterior das suas naves: vibranium. Considerada oito vezes mais forte do que o alumínio e 10 vezes mais forte do que as alternativas de aço, o material transmite às informações críticas do sistema de controle como a temperatura, estabilidade e integridade . Se forem detectados problemas, devem ser solucionados à partir do circuito de serviço .

Fonte: Mashable
Foto: HYPERLOOP TRANSPORTATION TECHNOLOGIE

Experiência de robôs e humanos trabalhando em conjunto é apresentada na TEDx Sydney

https---blueprint-api-production.s3.amazonaws.com-uploads-card-image-97087-Robot_4

https---blueprint-api-production.s3.amazonaws.com-uploads-card-image-97087-Robot_4

Foi apresentado ao público no Sydney Opera House um vídeo que mostra como robôs e seres humanos poderiam trabalhar juntos. Foi possível imaginar como seria o primeiro dia do trabalho do robô. ” Os meus colegas ficaram inseguros comigo primeiramente, eu acho que eles pensaram que eu levaria todos os seus postos de trabalho. Ha ha ha “, disse o robô durante a filmagem.

O teste real era se o robô seria aceito no grupo. Apesar de alguns primeiros desafios do dia, como ninguém saber se ele estava brincando ou não, o porteiro robô foi direto ao assunto. TEDx Sydney é um evento que tem como base as palestras com pensamento de uma variedade de indústrias que se juntam para apresentar ideias futurísticas.

Fonte: Mashable
Foto: Reprodução/Intel

Cientistas projetam aparelho que monitora sinais do coração durante atividade física

atividade fisica

atividade fisicaA maioria dos rastreadores de exercícios físicos monitoram a frequência cardíaca e o número de passos que os usuários realizam em um dia. Mas, os pesquisadores da Universidade da Califórnia, San Diego, pensam que podem proporcionar uma melhor visão global da saúde. Na pesquisa divulgada hoje, eles discutiram o desenvolvimento de um patch chamado Chem- Phys que é usado no peito de um usuário e monitora exatamente todos os sinais cardíacos. Em um ensaio do protótipo, os dados foram enviados ao aplicativo móvel de um usuário e, em seguida, cruzados com dados recolhidos por outros wearables de consumo.

Um dispositivo que detecta substâncias químicas do corpo sobre a pele não é particularmente novo, mas o que torna esta pesquisa interessante é como ele coleta dados em tempo real e as taxas do coração para dar uma ideia mais abrangente do que está acontecendo no corpo.

Google cria novo aplicativo para experimentos

novo-aplicativo-do-google

novo-aplicativo-do-google
Novo aplicativo do Google renova a área de transferência para experimentos de campo científico. Chamado Science Journal, o app é capaz de armazenar dados em tempo real, e depois converter as informações em gráficos e tabelas de fácil leitura .

Os usuários podem armazenar vários projetos no aplicativo e usar ferramentas como um acelerômetro para reunir informações. É possível, por exemplo, que um usuário grave o seu ritmo de corrida todos os dias durante uma semana, e, em seguida, trace o seu progresso em um gráfico de linha . Embora o número de sensores disponíveis para uso ainda é pequeno, o Google disse que vai trabalhar com as pessoas na comunidade científica para aperfeiçoar ainda mais o aplicativo .

A empresa também está vendendo “hands-on kits de aprendizagem” para acompanhar o aplicativo, que contêm sensores externos, microcontroladores e outros materiais de artesanato que ajudam as crianças a realizar experimentos. O Google disse também que planeja abrir o código do aplicativo futuramente.

Fonte: The Verge
Foto: Reprodução

Índia quer investir em transportes espaciais reutilizáveis

india-lancamento de foguete reutilizavek

india-lancamento de foguete reutilizavek

A agência espacial indiana lançou com sucesso um mini- modelo de transporte reutilizável ​​para o espaço, marcando um desenvolvimento importante no seu programa espacial de baixo custo. Um protótipo não tripulado do reutilizável Veículo de Lançamento ( RLV -TD ) alcançou uma altitude de 43 milhas antes de retornar à Terra. A Organização de Pesquisa Espacial Indiana ( ISRO ) anunciou que o lançamento foi bem-sucedido.

O RLV -TD estava sendo desenvolvido há mais de 10 anos , com um orçamento relatado de apenas US$ 14 milhões. O modelo de 7 metros (23 pés) é cerca de seis vezes menor do que a versão final, que a ISRO pretende lançar daqui hpa 10 anos. O protótipo de 1,75 toneladas não é esperado para sobreviver ao voo de teste, mas pode ser funcional na coleta de dados sobre a navegação autônoma , escoamento hipersônico e gestão de reentrada, de acordo com a ISRO .

As agências espaciais da Europa, Japão e Rússia estão desenvolvendo nova tecnologia de transporte reutilizável com o objetivo de poupar custos e recursos, assim como a SpaceX e Blue Origin. A Índia investiu fortemente em seu programa espacial de baixo custo, com o primeiro- ministro Narendra Modi dizendo que o país poderia tornar-se um líder no fornecimento de tecnologia de voos espaciais. Em 2014 , a Índia tornou-se o primeiro país asiático a colocar uma nave espacial em órbita de Marte com um custo aproximado de US$ 74 milhões.

Fonte: The Verge
Foto: Pixabay

NASA anuncia nova missão com foguete reutilizável em Julho

foguete reutilizavel

foguete reutilizavel

A NASA anunciou nova missão de reabastecimento de carga da SpaceX para a Estação Espacial Internacional no dia 16 de julho. Um representante da SpaceX confirmou ao site The Verge que a empresa tentará pousar a primeira fase de seu foguete Falcon 9 no Cabo Canaveral. A empresa usará o foguete Falcon 9 para lançar sua nave espacial Dragão para a ISS que carregará suprimentos da tripulação e hardware, incluindo um ” adaptador de acoplamento internacional”. Este será anexado fora da ISS para ajudar a preparar para voos comerciais de SpaceX e Boeing. Estes voos vão começar em 2017.

SpaceX tem trabalhado duro para fazer seus foguetes reutilizáveis, pois poderia reduzir drasticamente o custo do envio para o espaço. Claro, uma grande parte da capacidade de reutilização está ficando estes foguetes do chão novamente em uma única peça – algo SpaceX ainda não foi feito, mas os planos para tentar em algum momento deste verão.

Fonte: The Verge
Foto: Pixabay

Pizza Hut terá robô garçom. Confira!

robo

robo

A Pizza Hut asiática e MasterCard estão em parceria para trazer pimenta, um robô humanóide da SoftBank a restaurantes até o final de 2016. Se tudo correr conforme planeado, ele será capaz de tomar e processar pedidos de clientes.

Os clientes titulares da MasterCard podem emparelhar a sua conta usando um aplicativo MasterPass ou digitalizar um código QR ​​no tablet ligado ao peito do robô que vai ajudar os visitantes a fazer seleções de menu com recomendações personalizadas e ofertas especiais. Durante todo este processo, o robô faz gestos e fala com uma voz amiga para deixar os consumidores ainda mais a vontades.

Quando chega a hora de pagar a conta, o robô vai poder te ajudar também. Os clientes devem autorizar o pagamento para percorrer, mas uma vez que eles fazem , é tudo concluída em questão de segundos – e tudo acontece em MasterPass , por isso também é seguro.

Segundo informações dos desenvolvedores, o robô estará à venda em Julho e custará cerca de $1800.

Equipe testa eletricidade estática em robôs voadores para economia de energia

robo

robo

Uma equipe de robótica de Harvard juntamente com um engenheiro mecânico da Universidade de Washington, estão testando como estender a vida da bateria de robôs do tamanho de insetos em 1000 vezes mais.

É possível que um objeto agarre a uma superfície usando uma carga estática. No entanto, a adesão é bastante fraca de modo que o peso tem de ser mantido o mais baixo possível. A equipe de pesquisa testou seus robôs voadores Robobee que pesam apenas 84 miligramas.

No topo de cada robô, foi colado um adesivo eletrodo que gera a carga estática que cria a adesão permitindo o funcionamento com o vidro, madeira e vegetação, tais como a face inferior de uma folha. Com mais desenvolvimento, espera-se que as superfícies verticais também possam suportar o peso. Outra característica que poderia acrescentar é que seria possível recarregar a bateria em uma estação de base.

Fonte: Geek.com
Foto: Pixabay

Jaqueta inteligente do Google permite fazer chamadas e outras funções

jaqueta-inteligente-do-Google

jaqueta-inteligente-do-Google

Google anunciou Projeto Jacquard, mais um acessório para a linha de ideias interativas. mais um projeto de têxteis interativos. Ivan Poupyrev, responsável pelo departamento de tecnologia avançada do Google e Projetos unidade ( ATAP) anunciou que a empresa estava colaborando com vestuários icônicos e lançou a jaqueta inteligente destinada a ciclistas urbanos que permitirá que usuários controlem músicas, recebam chamadas, naveguem na Internet apenas tocando e deslizando na manga do casaco.

A parceria da Google com Levi foi anunciada pela primeira vez no ano passado, mas as duas empresas ainda não tinha divulgado como o fabricante de roupas iria implementar a tecnologia do Projeto Jacquard. Com esse revestimento, os usuários seriam capazes de simplesmente tocar a manga e usar gestos delicados para controlar várias funções.

Uma tag de Jacquard é incorporada na manga do revestimento, tornando esta funcionalidade possível, e pode ser puxado para fora e conectado via USB. Esta tag se conecta com o LED, bateria e sensor no tecido do vestuário. Os pontos de conexão para a tecnologia inteligente aproveita os buracos do botão do casaco. Além disso, a plataforma inclui uma aplicação móvel que conecta suas roupas inteligentes para a nuvem. “Há um desafio único na criação de uma plataforma de roupa inteligente – moda e tecnologia tem que funcionar como uma, mas não há tensão inerente entre os dois”, disse Poupyrev.

Além de controlar as funções do telefone nativas, como chamadas, assim como o Google Maps e Google Play Music, o Google diz que as jaquetas também aceitaram serviços de terceiros. Isso significa que você vai ser capaz de usar os toques para controlar sua música Spotify, por exemplo, ou um aplicativo de fitness conectado, como Strava. O que tudo indica, a empresa tornará disponível para comercialização na primavera 2017.

Fonte: TechCrunch
Foto: Reprodução

Mouse sem fio pode virar teclado. Conheça

nydeum-sense-mouse-que-vira-teclado

nydeum-sense-mouse-que-vira-teclado

Um teclado em um mouse. Essa é a proposta da Sense Nydeum. O acessório foi construído para fazer o dever de entrada dupla no seu PC para que você possa utilizá-lo também como teclado. Os criadores acreditam firmemente que “o dispositivo de entrada ergonômico aperfeiçoado do futuro teria que permitir ter controle com uma só mão e sem fio.”

Quanto a digitação, eles afirmam que você pode deslizar em torno de três caracteres por segundo na superfície táctil uma vez que você se acostumar com a Sense. A empresa ainda não divulgou valores e nem quando o mouse-teclado estará disponível para comercialização.

Quer ver o funcionamento? Então, assista ao vídeo.

Fonte: Geek.com
Foto: Reprodução