NASA lançará foguete com astronautas no final de 2017

space-x

space-x

NASA ordenou uma segunda missão da empresa SpaceX para enviar astronautas à Estação Espacial Internacional. A ordem faz parte do Programa de tripulação comercial, que foi iniciado pela NASA há seis anos como uma forma de ter certeza que os Estados Unidos continuam a ter acesso humano ao espaço.

NASA inicialmente embarcou neste projeto porque o programa Space Shuttle foi programado para terminar em 2011. Isso deixou a agência sem veículo espacial primário e a NASA, desde então, teve de contar com a agência espacial da Rússia, Roscosmos, para lançar astronautas à estação espacial. Essa parceria tem sido eficaz, mas não foi barata: NASA paga à Roscosmos cerca de US$ 80 milhões por assento para enviar astronautas à ISS.

Space X e Boeing serão capazes de realizar a mesma tarefa com milhões de dólares a menos, já que a nave espacial já está pronta e devidamente testada. A NASA normalmente ordena estas missões dois ou três anos antes de sua data de lançamento, a fim de dar às empresas tempo suficiente para desenvolver a nave espacial. O lançamento desses veículos tripulados está programado para o final de 2017 ou início de 2018.

A cápsula da tripulação do dragão é semelhante à nave espacial que SpaceX usa para enviar carga para a ISS, mas está equipada com sistemas de suporte de vida e de controle. Ele pode armazenar até sete membros da tripulação, embora a NASA diz que uma missão da tripulação padrão para a ISS só levará “até quatro tripulantes e cerca de 220 libras de carga pressurizada”.

Fonte: The Verge
Foto: Reprodução/SpaceX