Apple vai retirar aplicativos da App Store

app-store-128x128

Available_on_the_App_Store_(black)Em um email enviado para os desenvolvedores que têm apps na sua loja, a Apple informou que os aplicativos que não são atualizados há muito tempo ou que já não funcionam mais serão sumariamente excluídos da App Store.

Não causa surpresa a decisão da empresa – pelo contrário: espanta que eles não tenham realizado a faxina na loja antes. Em junho de 2016, o número de apps para iPhone e iPad tinha alcançado a marca de 2 milhões – já deve ser maior ainda atualmente.

Outra medida refere-se aos nomes dos apps, que agora só poderão ter 50 caracteres no máximo – o que é mais que suficiente. Acontece que muitos desenvolvedores batizavam seus apps com nomes quilométricos que incluiam termos para influenciar nos mecanismos de busca – uma tentativa de aparecer melhor na loja. Acabou a festa.

O comunicado está disponível neste link. E para consultar os novos guidelines da loja, clique aqui.

app_store_aviso

Supersmartphone: câmera de 60MP, 12GB de RAM, 512GB de espaço e capacidade para 4 chips!

Turing_Phone_Cadenza_02

Turing_Phone_Cadenza_01Turing Phone Cadenza: este é o nome do smartphone anunciado pela empresa Turing Robotic Industries em uma newsletter para cadastrados no seu mailing. Seria apenas mais um aparelho, não fossem suas especificações inacreditáveis. Confira só:

  • Tela de 5,8″ com 1440x 2560 pixels,
  • Dois processadores Snapdragon 830 (modelo que ainda nem foi lançado),
  • Câmera traseira de 60MP, modelo iMAX 6K Quad, Triplet Lens/T1.2
  • Câmera frontal dupla com 20MP,
  • 12GB de memória RAM,
  • 512GB de espaço interno de armazenamento,
  • 2 slots para microSD,
  • Bateria total de 100wh, com 3 fontes: bateria de grafeno com 2400mAh, 1600mAh de íons de lítio e célula de hidrogênio,
  • Capacidade para operação com 4 chips (sim cards) diferentes,
  • Sistema operacional Swordfish OS, desenvolvido a partir do Sailfish OS, com ênfase na inteligência artificial.

O Candenza é tão inacreditável que são poucos o que estão acreditando na seriedade do anúncio. E realmente as especificações não fazem muito sentido. Só esperando até 2017, data de lançamento divulgada, para conferir.

Turing_Phone_Cadenza

 

Que tal comprar uma camisa que foi usada pelo Steve Jobs?

leilao_steve jobs_01

leilao_steve jobsUm roupão, barbeadores elétricos, gravatas, camisas e até o CD player portátil que já pertenceram e foram usados pelo fundador da Apple, Steve Jobs: todos estes itens podem ser seus. Basta acesar o site da casa de leilões Julien’s Auction e, óbvio, preparar-se para gastar muitos e muitos dólares.

Diversos itens do criador do iPod fazem parte de um lote que está aceitando lances online. A camisa de flanela tem valor estimado entre US$ 1.000 e US$ 3.000, com lance inicial de US$ 500. A cacharrel da Next é oferecida pelos mesmos valores, já a jaqueta de couro que Jobs aparece usando em uma famosa foto, tirada em 1983, em que ele aponta o dedo médio para um logo da IBM na fachada de um imóvel em Nova York, tem lance inicial de US$ 4.000 e estimativa de venda entre US$ 8.000 e US$ 12.000.

Explosão de foguete destrói o primeiro satélite do Facebook, antes do lançamento

SpaceX_Explosao_Facebook_01

SpaceX_Explosao_FacebookUm foguete da empresa SpaceX, modelo Falcon 9, explodiu em uma plataforma de lançamento no Kennedy Air Force Station, em Cabo Canaveral, Flórida, EUA, hoje pela manhã.

O foguete seria lançado no sábado, 3 de Setembro, para, entre outras missões, colocar em órbita o primeiro satélite do Facebook, peça importante da iniciativa Internet.org, parceria da empresa com Samsung, Ericsson, MediaTek, Opera Software, Nokia e Qualcomm, para levar acesso a internet para regiões pobres do planeta.

As causas do acidente ainda são desconhecidas. O custo do satélite destruído, por outro lado, já foi estimado: aproximadamente US$ 200 milhões.

 

 

Finalmente: Instagram passa a aceitar o zoom com gesto de pinça

instagram

Demorou, mas a partir de hoje, os usuários do Instagram já podem usar o clássico gesto de pinça (polegar e indicador pressionando a tela e se separando) para aumentar o tamanho de visualização das fotos.

A chegada do recurso é reflexo da mudança ocorrida em 2015, quando o app passou a aceitar imagens com até 1080 X 1080 pixels de resolução. O pequeno ajuste agora permite dar zoom nas fotos.

Observação: o upgrade aconteceu só para iOS. No Android está previsto para as próximas semanas.

Localização dos servidores da Netflix é descoberta

Netflix_Map

Netflix_MapPesquisadores da School of Electronic Engineering and Computer Science, na Queen Mary University of London, conseguiram identificar 4.669 servidores da Netflix ao redor do mundo. A maioria fica nos EUA e na Europa, como mostra o mapa dos servidores, produzido pela equipe de pesquisa.

A informação, que permite analisar com maior precisão o sistema de distribuição de vídeo da empresa e compará-lo com o de outros gigantes como YouTube e Akamai, foi obtido a partir de uma espécie de engenharia reversa a partir do domínio nflxvideo.net.

O levantamento também mostrou de que países vem a maior parte do tráfego da Netflix. Em primeiro lugar está os EUA com 8 vezes mais volume que o segundo colocado, o México. O Brasil aparece em quinto lugar, atrás também do Reino Unido (3º) e Canadá (4º).

O estudo completo pode ser consultado aqui.

Google: novo concorrente da Uber

Logo_waze.

uberMais uma surpresa no mundo do compartilhamento de transporte. O jornal Wall Street Journal revelou que o Google, por meio do seu app de mobilidade urbana Waze, começou a oferecer serviços de transporte em sistema muito parecido com o de empresas como a Uber e Lyft.

A experiência está em curso na cidade de San Francisco, California, área próxima à sede da empresa. Por enquanto, os serviços são oferecidos em pequena escala, para empregados de companhias de tecnologia da região, mas o plano seria de abrir a iniciativa para todos os residentes de San Francisco entre outubro e dezembro deste ano.

O serviço de compartilhamento de transporte oferecido pelo Google via Waze é um pouco diferente do modelo da Uber, pois prioriza a conexão dos passageiros apenas com motoristas que já estão fazendo um caminho que passe pelo destino desejado. Outra diferença é que as tarifas são bem mais baixas. E a mais surpreendente das distinções: o Google não recebe absolutamente nada pelo serviço, a transação financeira é apenas entre motoristas e passageiros.

A novidade oferecida é mais um passo no rompimento de relações entre o Google, que já chegou a investir US$ 258 milhões na Uber, em 2013, e a atual líder no mercado de compartilhamento de transporte. Rumores dão conta de que a Uber estaria desenvolvendo seu próprios mapas para deixar de usar o sistema de geolocalização do Google, o que seria outro indicativo da deterioração da relação entre as empresas.

Jessica Alba se junta ao reality show da Apple, ‘Planet Of The Apps’

planet-of-the-apps

planet-of-the-appsA atriz Gwyneth Paltrow; o produtor e integrante do Black Eyed Peas, Will.i.am; o empreendedor da web Gary Vaynerchuk e agora a também atriz Jessica Alba: este é o elenco do reality show ‘Planet Of The Apps‘, projeto da Apple e da Propagate Content, que está em fase de produção.

Ao que tudo indica, o programa  vai ser uma espécie de competição, em que os participantes apresentam apps que serão submetidos ao crivo de um jurí . A Lightspeed Venture Partners, aceleradora que investiu no Snapchat e na The Honest Company, de Jessica Alba, vai oferecer ao vencedor do reality US$ 10 milhões para o desenvolvimento do app.

As gravações do programa vão começar em outubro e podem seguir até o começo de 2017. A exibição provavelmente acontecerá com exclusividade nos canais da Apple: a Apple TV e a Apple Music. Se quiser tentar a sorte, clique aqui para se inscrever.

Google Cast agora vem embutido no Chrome

Google-Cast-logo

google-chrome-logo

A tecnologia do Google que permite transmitir o som e o que está na tela do seu computador para equipamentos como TVs Android, Chromecast e media players agora está embutida no navegador Chrome. O recurso de transmissão de conteúdo já estava disponível por meio de uma extensão para o browser, mas agora vem integrado às versões do Chrome 52 ou superiores.

Sites compatíveis, como Netflix, YouTube e Google Play Movies apresentam um ícone do Cast que aciona as transmissões. Também é possível enviar o sinal de vídeo e sons de todo o computador ou de uma aba específica do navegador, clicando no ícone de configurações do Chrome (as 3 linhas na direita superior) e depois em ‘Transmitir’.

Por enquanto o recurso só está 100% funcional para PCs com Windows. Usuários de MacOS e do Chrome OS conseguem transmitir conteúdo em vídeo, mas sem áudio.

 

VMware reformula desktop virtual

E-COMMERCE, COMPUTERS AND CITY SKYLINE

E-COMMERCE, COMPUTERS AND CITY SKYLINE

A empresa VMware anunciou uma série de alterações de sua linha desktop durante evento em Las Vegas. O anúncio tenta definir o desktop virtual em um contexto mais moderno, oferecendo aos clientes uma gama de opções na nuvem. Além disso, eles querem reduzir o custo através da parceria com uma variedade de fornecedores de hardware da HP para Dell e até mesmo o ultra-low-cost Raspberry Pi.

A empresa também disse que pretendem fechar uma parceria com a IBM para executar a versão cloud dos desktops virtuais em serviço de infra-estrutura da IBM. VMware alegou que resolveu problemas de velocidade de implantação com esta atualização, fornecendo pooling mais eficiente dos recursos que alimentam os desktops virtuais. Isso deve levar a uma implantação mais rápida e uma sensação de desktop mais persistente, mesmo durante tempos de acesso de pico.

Fonte: TechCrunch
Foto: Reprodução/