Cientistas querem que robô sinta dor para proteger melhor os seres humanos. Entenda

robo-sentir-dorPesquisadores na Alemanha estão desenvolvendo um caminho para robôs sentirem dor, na esperança de que essa atitude contribua para que eles protejam melhor os seres humanos. Os pesquisadores, da Universidade Leibniz de Hannover, estão trabalhando em um “sistema nervoso robô artificial para ensinar robôs como sentir dor”, relatou a IEEE Spectrum, e apresentou seu projeto em uma conferência de robótica e automação na Suécia. Sob o sistema, os robôs identificariam a dor e responderiam rapidamente para evitar maiores danos às suas peças.

Johannes Kuehn, um dos investigadores que trabalham no sistema, diz que permitir robôs de sentir e reagir a dor poderia ajudar a mitigar os danos da mesma forma que os seres humanos se protegerem. “A dor é um sistema que nos protege,” diz Kuehn IEEE Spectrum. “Quando nós escapamos da fonte da dor, ela nos ajuda a não se machucar.” À medida que mais robôs trabalharem ao lado de seres humanos no futuro, o sistema também evitaria acidentes potencialmente perigosos causados ​​por pequenas alterações ao equipamento de um robô.

Kuehn e seu colega, Sami Haddadin, desenvolveram um controlador protótipo com um sensor de dedo tátil que detecta a temperatura e pressão. O modelo baseia-se na forma como os humanos sentem dor tátil, e inclui um “modelo nervoso é inspirado na estrutura da pele humana.” Se a força aplicada ao sensor excede um determinado limite, o sistema irá enviar alertas repetitivos ao robô, além de classificá-la como leve, moderada ou grave, permitindo que o robô se afaste em conformidade.

Fonte: The Verge
Foto: Pixabay

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *