Engenheiros criam robô de corpo macio

robo-corpo-mole

robo-corpo-mole

Uma equipe de engenheiros da Universidade de Harvard criaram um robô de silicone líquido em um molde em forma de polvo. Suas pernas foram feitas através da impressão 3D e ele se movimenta através do combustível de peróxido de hidrogênio através de câmaras de reação, que convertem o líquido para oxigênio e vapor de água . O gás infla as pernas através de pequenos canais que funcionam à partir do corpo, permitindo realizar manobra. Segundo os criadores do projeto, investir em robôs com corpos macios facilitará a interação com os seres humanos.

Fonte: The Verge
Foto: Reprodução/Youtube

Já ouviu falar no projeto Smart orelhão?

smart-orelhao

smart-orelhao

Os orelhões públicos da cidade de São Paulo ganharam uma utilidade que vai beneficiar os usuários de ônibus. Agora, basta ligar, gratuitamente, para o número 0800 887 0878 que uma voz dirá quais linhas de ônibus estão chegando próximo ao ponto que você está. O projeto de uma empresa de bebidas foi batizado de Smart Orelhão e tem como objetivo colocar em uso os mais de 25 mil orelhões espalhados na capital paulista.

Ao ligar para o número, serão coletados os dados abertos da Agência Nacional de Telecomunicações ( Anatel) que identificará onde você está. Em seguida, o programa automaticamente acessa o sistema da SPTrans, identificando o coletivo mais próximo. Bacana, não?

Fonte: SuperInteressante
Foto: Reprodução

Daydream VR, projeto de realidade virtual do Google, está chegando

google daydream

google daydream 01Segundo informações divulgadas pela Bloomberg, o Google está prestes a colocar no ar sua plataforma de serviços de realidade virtual, chamada Daydream, projeto anunciado pela companhia em maio de 2016. A ideia é ter um ambiente completo para imersão em conteúdo de realidade virtual que possa ser acessado a partir de smartphones Android. Desta forma o ambiente Google Daydream vai ser composto por centrais de conteúdo em RV e headsets no estilo do Google Cardboard e do Gear VR, da Samsung.

No que se refere ao conteúdo, o Google está financiando diversas iniciativas, que vão de produções de youtubers, a projetos do Hulu, serviço de streaming de vídeo, passando pelo desenvolvimento de apps de música, games e mais. A estreia do serviço também deve contar com apps da HBO, de ligas de esporte como a NBA e a MLB, e, obviamente, de serviços do Google, como o Google Street View.

Na parte de hardware, deve ser apresentado um novo headset RV, bem mais avançado que o modesto Google Cardboard. O aparelho vai ter um controle remoto para interação e só vai funcionar com smartphones compatíveis com o Daydream. O plano do Google é que, depois do lançamento, outros fabricantes de hardware passem a comercializar suas versões do headset Daydream.

O site oficial do Daydream anuncia seu lançamento para o outono de 2016, ou seja: a partir do fim de setembro.

Surgimento de lago azul na geleira da Antártida Oriental é um sinal preocupante, dizem cientistas

antartica

geleiras-antartica

Pesquisadores britânicos descobriram alguns lagos azuis no topo da Langhovde Glacier. Isso acontece porque as temperaturas estão cada dia mais quentes. Um estudo foi publicado na revista Geophysical Research Letters e é o primeiro a monitorar os lagos de água derretidas por um longo período de tempo. Os resultados são significativos porque eles evidenciam a crescente área afetada que anteriormente era conhecida como sendo a mais estável da Antártica.

antartica

O derretimento da superfície pode enfraquecer as geleiras, causando rachaduras no gelo. Este processo eleva o nível do mar global, que já está prejudicando as comunidades costeiras. O destino da camada de gelo da Antártida , especialmente Antártida Oriental , ajudará a determinar como o nível do mar alto tem aumentado. Os lagos de superfície sobre Langhovde Glacier são relativamente rasas e pequenas, se comparado as piscinas maiores já vistas na Groenlândia.

 

 

Fonte: The Verge
Fotos: Reprodução/Digital Globe

Sony lança o serviço Playstation Now para PCs

Playstation_Now_PCs_01

Playstation_Now_PCsO serviço de games por assinatura da Sony, o Playstation Now, antes exclusivo dos consoles Playstation (PS4, PS3 e PS Vita) e de aparelhos selecionados (algumas TVs, Sony Bravia,  certos players de Blu-ray Disc da Sony e modelos de smart TVs da Samsung), acaba de chegar aos computadores – Macs e PCs. O lançamento começa pela Europa e deve chegar à América do Norte na sequência – ainda não há informações sobre quando será disponibilizado para a América do Sul.

O Playstation Now é uma espécie de Netflix de games. O usuário paga uma assinatura mensal e tem acesso a um catálogo com 400 games de PS3 que são executados via streaming, sem a necessidade de baixar o programa. Entre os jogos disponíveis estão clássicos como God Of War, cinco games da série Assassin’s Creed (incluindo o original), Bioshock , Metal Slug… a lista é grande.

A Sony também anunciou o lançamento de um adaptador USB oficial para conectar via wireless controles Dualshock 4 do Playstation a computadores, o que vai ajudar a usar não só o Playstation Now, como também a jogar games que são espelhados nos computadores por apps como o PS4 Remote Play.

Playstation_Dualshock4_adaptador

Prisma, o app do momento, agora também em modo offline

prisma_01

prisma

Você ainda não conhece o Prisma? Então pare o que está fazendo e junte-se aos quase 2 milhões de usuários ativos que o app conquistou em pouco mais de 2 meses de disponibilidade para iOS e menos de um mês para Android – em número de downloads, o app já ultrapassou os 55 milhões. O Prisma não faz nada que outros apps de edição de imagens não façam: transforma imagens em desenhos ou pinturas. A diferença está no estilo dos efeitos (muitos deles baseados em artistas clássicos e referências pop) e a qualidade do material gerado. Execute e confira.

O segredo do app russo está no uso de algoritmos de redes neurais e de aprendizado (deep learning) para gerar imagens totalmente novas, em vez de aplicar filtros sobre as imagens existentes, como faz a maioria dos apps de edição de imagens. Todo o processamento era executado na nuvem, mas os desenvolvedores fizeram um update da versão para iOS que permite seu uso em modo offline, sem necessidade de conexão à internet. A única restrição é o número de efeitos, que é menor no modo offline. A lançamento da versão com o recurso para Android está previsto para as próximas semanas.

 

 

Pinterest comprou app Instapaper. Saiba mais

instapaper

instapaper

Instapaper, um dos aplicativos pioneiros que salvam artigos para ler mais tarde, foi adquirido pelo Pinterest. “Queremos acelerar a descoberta e salvar artigos no Pinterest”, disse a companhia em um comunicado. O Pinterest sempre foi visto como uma rede social inspiracional e não como um lugar para a produção de conteúdo escrito. Porém, a empresa introduziu os pins, um formato que cria marcadores em uma foto ou em uma pré-visualização do texto. A aquisição da Instapaper sugere que a empresa acredita que há mais a ser feito lá. Instapaper pode ser usado gratuitamente ou em uma versão premium por $ 30 ao ano. “A equipe Pinterest está trabalhando em desafios técnicos únicos e sua habilidade coletiva irá adicionar um valor tremendo para Instapaper, ” disse Brian Donohue , CEO do Instapaper, em um comunicado.

Fonte: The Verge
Foto: Reprodução/Instapaper

Comcast compra a Dreamworks Animation por US$ 3,8 bilhões

DreamWorks_Animation_SKG_logo

kung-fu-pandaKung Fu Panda, Madagascar, Shrek, Os Croods: todos eles agora têm uma nova casa, a Comcast. Em um acordo efetivado pouco menos de 4 meses após o planejamento começar, a companhia americana Comcast, gigante da mídia mundial – é a maior operadora de TV por assinatura do mundo (pelo critério de faturamento) –  fechou a compra da Dreamworks Animation SKG, estúdio de animação da companhia criada por Steven Spielberg, Jeffrey Katzenberg e David Geffen nos anos 90.

Pela impressionante quantia de 3,8 bilhões de dólares, agora a Dreamworks Animation faz parte do Universal Filmed Entertainment Group (que contém a Universal Pictures), parte do conglomerado da Comcast.

A reestruturação da Dreamworks começou hoje com o anúncio da saída da presidente de animação Ann Daly, que vai embolsar uma rescisão de 40 milhões de dólares. Pode parecer muito, mas Jeffrey Katzenberg, CEO da empresa, colocou  391 milhões de dólares no bolso com a transação.

“Apple Stores” agora são só “Apple”

apple_store_01

apple_storeDiscretamente, a Apple vem rebatizando suas lojas, removendo o termo “store” de seus nomes. A Apple Store recém inaugurada na região do antigo World Trade Center de Nova York, por exemplo, é a “Apple World Trade Center”. A loja do University Village de Seattle, agora é apenas Apple University Village.

A mudança faz parte de uma estratégia para tornar as lojas espaços comunitários. Angela Ahrendts, VP de varejo da Apple, disse na inauguração da Apple Union Square, San Francisco: “a loja se integra à comunidade”. No Brasil há duas lojas oificiais da Apple, uma no Village Mall, Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, e outra no Morumbi Shopping, Sâo Paulo.

NVIDIA mostra sua super CPU para carros autônomos

NVIDIA_PARKER

NVIDIA_PARKERParker: este é o nome do sistema de processamento criado pela NVIDIA para equipar os computadores de bordo de carros autônomos. O Parker já havia sido indiretamente apresentado ao público na CES de 2016, pois ele está dentro do supercomputador para veículos Drive PX2, que a NVIDIA mostrou no evento. Mas ontem, quem compareceu ao Hot Chips, em Cupertino, California, conheceu o nome do processador e pôde conferir suas especificações técnicas – que são impressionantes.

Trata-se de um processador 256-core, com velocidade de 1,5 teraflops (1 trilhão e meio de operações de pontos flutuantes por segundo) e capacidade de lidar com vídeos 4K na taxa de 60 frames por segundo. O Drive PX2, que contém dois processadores Parker e duas GPUs de arquitetura Pascal, consegue realizar 24 trilhões de operações de aprendizado em inteligência artificial por segundo.

No momento, mais de 80 fabricantes de carros, fornecedores de peças e instituições de ensino ao redor do mundo estão usando a plataforma Drive PX2 no desenvolvimento de veículos autônomos – entre eles a Volvo, com seus modelos CX90, alguns dos quais vão rodar ainda este mês, a serviço da Uber.