Vem aí: os óculos de realidade aumentada do Snapchat

Vergence Lab

aumento-de-visualizaca-snapchatEspalham-se indícios de que o Snapchat está investindo pesado na criação de um óculos de realidade aumentada. Os rumores a respeito da iniciativa começaram a surgir no começo de 2016 e vêm se intensificando. O último sinal de que os rumores realmente procedem é a inscrição do Snapchat no Bluetooth Special Interest Group (SIG), entidade responsável pelo controle e licenciamento da tecnologia de conectividade Bluetooth. Qualquer empresa que queira usar o padrão em algum tipo de equipamento precisa ser membro do SIG.

Agora, como integrante do SIG, o Snapchat pode licenciar a tecnologia para usá-la em peças de hardware. Junte-se a isso o fato de que no final de 2014 a empresa comprou a Vergence Lab, especialista em headsets de realidade aumentada, e nos últimos meses efetuou várias contratações de peso entre profissionais da área e o quebra-cabeças começa a tomar forma.

A notar: os óculos produzidos pela Vergence Lab têm design muito mais elegante que os óculos mais conhecidos da categoria: os do, por enquanto interrompido, projeto Google Glass – a imagem comprova.

Vergence Lab

 

 

 

Festival de cinema de Tribeca terá categoria para filmes de realidade virtual

Tribeca Film Festival 2017 dates poster instagram

Tribeca Film Festival 2017 VR instagramEm press release divulgado na última segunda-feira, os organizadores de um dos mais famosos e respeitados festivais de cinema do mundo, o Tribeca Film Festival, anunciaram que a edição de 2017 contará com uma categoria exclusiva para realidade virtual, realidade aumentada e filmes em 360º. As produções, que podem ser inscritas na categoria Virtual Arcade, competirão por prêmios pela primeira vez – em 2016 foram exibidas, mas sem concorrer.

Intel entra na corrida da realidade virtual com seu próprio headset

project_alloy_02

project_alloyProject Alloy: este é o nome do headset de realidade virtual da Intel, apresentado hoje no evento Intel Developers Forum, em San Francisco, EUA. O aparelho impressiona, pois é totalmente independente, ao contrário do HTC Vive, do Oculus Rift e do Samsung Gear VR, que só funcionam conectados a um computador, console, smartphone ou outro aparelho de processamento. Em outras palavras, o dispositivo da Intel é 100% wireless, com sua própria bateria, processador, câmeras e software. O Alloy permite ao usuário ver o ambiente em que ele se encontra, enquanto elementos virtuais são inseridos para interação. É o que a Intel chama de “merged reality”, uma mistura de realidade virtual, realidade aumentada e o mundo físico, que lembra o “mixed reality” do HoloLens da Microsoft. Na apresentação profissionais da Intel usaram as próprias mãos e até notas de dinheiro para interagir com o mundo virtual projetado pelo equipamento. Antes de começar a se empolgar, pensando em comprar um Alloy, uma informação importante: a Intel não planeja produzir uma versão comercial do headset e sim fechar parcerias com outros fabricantes, para os quais a empresa forneceria o hardware – um sistema parecido com o que usa para comercializar seus processadores.

Onde jogar Pokémon Go

pokemon-go-01

Pokemon_GoDesde a última sexta-feira, o game Pokémon Go está em mais 15 países. Agora a lista completa de lugares onde você pode sair às ruas para capturar as criaturas com seu smartphone chega a 75.
Ainda falta o jogo chegar a importantes (e gigantescos) mercados, como a Índia e a China – além da superconectada Coreia do Sul. Confira a lista completa de países com servidores de Pokémon Go e a data em que foram ativados:

6 de julho:
Estados Unidos, Austrália e Nova Zelândia

13 de julho
Alemanha.

14 de julho
Reino Unido.

15 de julho
Itália, Espanha e Portugal.

16 de julho
Áustria, Bélgica, Bulgária, Croácia, Chipre, Repúblic Checa, Dinamarca, Estônia, Finlândia, Grécia, Groenlândia, Hungria, Islândia, Irlanda, Letônia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Países Baixos, Noruega, Polônia, Romênia, Eslováquia, Eslovênia, Suécia e Suiça.

18 de julho
Canadá.

22 de julho
Japão.

24 de julho
França.

25 de julho
Hong Kong.

4 de agosto
Argentina, Belize, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, El Salvador, Ilhas Falkland (Malvinas), Guiana Francesa, Guatemala, Guiana, Honduras, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, Suriname, Uruguai e Venezuela.

6 de agosto
Brunei, Camboja, Indonésia, Laos, Malásia, Filipinas, Singapura, Tailândia, Vietnam, Taiwan, Papua Nova Guiné, Fiji, Ilhas Salomão, Micronésia e Palau.

Exposição com realidade aumentada da NASA pode te levar à Marte

exposicao-destino-marte

exposicao-destino-marte

Exposição “Destino: Marte” da NASA acontecerá ainda esse ano no Centro Espacial Kennedy, na Flórida. Com um passeio guiado pelo astronauta da Apollo 11, Buzz Aldrin, será possível conhecer diferentes locais do planeta vermelho. “Esta experiência permite que o público explore Marte em uma maneira inteiramente nova”, disse Doug Ellison, produtor de visualização na NASA.

O passeio será possível graças a tecnologia HoloLens da Microsoft que utiliza óculos de realidade virtual. Os cientistas usam o programa para descobrir novos lugares. “Pensando sobre a geologia marciana é muito mais intuitiva quando eu estou na cena e caminho da mesma forma que eu faria se estivesse em campo”, comentou Abigail Fraeman, membro da equipe científica.

O astronauta da NASA, Scott Kelly, usou a ferramenta de realidade aumentada durante os 340 dias de estadia a bordo da Estação Espacial Internacional.

Assista ao vídeo e veja mais detalhes: