Google: novo concorrente da Uber

Logo_waze.

uberMais uma surpresa no mundo do compartilhamento de transporte. O jornal Wall Street Journal revelou que o Google, por meio do seu app de mobilidade urbana Waze, começou a oferecer serviços de transporte em sistema muito parecido com o de empresas como a Uber e Lyft.

A experiência está em curso na cidade de San Francisco, California, área próxima à sede da empresa. Por enquanto, os serviços são oferecidos em pequena escala, para empregados de companhias de tecnologia da região, mas o plano seria de abrir a iniciativa para todos os residentes de San Francisco entre outubro e dezembro deste ano.

O serviço de compartilhamento de transporte oferecido pelo Google via Waze é um pouco diferente do modelo da Uber, pois prioriza a conexão dos passageiros apenas com motoristas que já estão fazendo um caminho que passe pelo destino desejado. Outra diferença é que as tarifas são bem mais baixas. E a mais surpreendente das distinções: o Google não recebe absolutamente nada pelo serviço, a transação financeira é apenas entre motoristas e passageiros.

A novidade oferecida é mais um passo no rompimento de relações entre o Google, que já chegou a investir US$ 258 milhões na Uber, em 2013, e a atual líder no mercado de compartilhamento de transporte. Rumores dão conta de que a Uber estaria desenvolvendo seu próprios mapas para deixar de usar o sistema de geolocalização do Google, o que seria outro indicativo da deterioração da relação entre as empresas.